COMITÊ CARLOS DE RÉ PARTICIPA DE INAUGURAÇÃO DO ESPAÇO CULTURA ORELINHA

No último dia 27 de agosto o Comitê Carlos de Ré, a convite da prefeitura de Cachoeira do Sul e do Porão Maria Maria, participou da inauguração do Espaço Cultural Orelhinha (ECO). O centro, que homenageia o companheiro Nilton Da Silva vitimado em 1973 no Chile, tem como mote atividades culturais junto à cidade e a luta pelos Direitos Humanos.

Espaço Cultural Orelhinha (ECO)
Espaço Cultural Orelhinha (ECO)

Entre as atividades do dia 27, houve a leitura de poemas de Nilton, o testemunho de Raul Ellwanger do Comitê Carlos de Ré e Maria Isabel Ibarra, ambos amigos de Nilton, a exibição do filme “Exilados” de Boca Migotto, e na mesa de debate que contou com a participação de Diorge Konrad, professor de história da UFSM e de Carlos Augusto Piccinini, do Comitê Carlos de Ré.

Testemunho de Raul Ellwanger ao lado de Maria Isabel Ibarra Toro
Testemunho de Raul Ellwanger ao lado de Maria Isabel Ibarra
Mesa de debate com Diorge Konrad e Carlos Augusto Piccinini
Mesa de debate com Diorge Konrad e Carlos Augusto Piccinini

Destacamos e agradecemos aos regalos oferecidos pela organização, como a muda do Jacarandá Caroba e o sutil “pañuelo de las Madres” com as referencias a Nilton Rosa da Silva. Em cerimonia futura, plantaremos as mudas junto ao Monumento aos Mortos e Desaparecidos do RS, junto às aguas que o Guaiba recebe do Jacui.

"Pañuelo de las madres", regalo junto a uma muda de Jacarandá
“Pañuelo de las madres”, regalo junto a uma muda de Jacarandá
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s